Chapeuzinho Vermelho – Parte V

Chapeuzinho Vermelho – Parte V

O trotar do corcel dava-se de forma rápida, enquanto o cavaleiro levava em seus braços a moça desacordada. Seus olhos agora escuros, firmavam-se na noite e ao longe as luzes dos archotes no vilarejo pareciam chamá-lo. Escutava o coração fraco que batia querendo se...
Uma Questão de Fé

Uma Questão de Fé

Ainda ponderando sobre a página anterior, pude notar que os olhos de minha Rainha e meu Rei brilharam intensos com aquelas linhas. Porém, eu poderia mostrar uma outra visão do início dos tempos que sairia dos padrões conhecidos da humanidade, mas os ventos de Arcádia...
Uma Questão de Fé

Início dos Tempos

Os ventos andam inquietos em Arcádia. Sopram de uma forma que não estou acostumado. Sinto minhas páginas revirando de um lado para o outro. Escuto fadas murmurando. Se fosse uma pessoa, talvez levasse a mão ao estômago e o sentiria revirando. Inquietude… Rainha?...
Chapeuzinho Vermelho – Parte V

Chapeuzinho Vermelho – Parte IV

O único som daquele nome vindo de forma fraca, mostrando que a vida daquela moça se esvaía de alguma forma, fez com que aquela criatura de pêlos negros e olhos amarelados, voltasse o seu rosto, enquanto seu corpo se regenerava das feridas abertas devido ao calor...
Chapeuzinho Vermelho – Parte V

Chapeuzinho Vermelho – Parte III

Os olhos dela podem vislumbrar o punhal de prata caído não muito longe dela, seu corpo se movia sentindo a dor do golpe que ela levara, pois não apenas o rosto doía assim como o corpo que encontrara um tronco durante o vôo quando fora arremessada longe com o golpe...