Harlequin – Parte IV

Harlequin – Parte IV

Com mãos ensangüentadas observava o mórbido presente. Lágrimas lavavam o enegrecido coração. Abraçava-o em seu corpo na dor de sua culpa, amaldiçoando-se por direitos que não lhe eram rogados. Rubro tornava-se as cores do coração junto ao enegrecido que se mesclava às...
Harlequin – Parte III

Harlequin – Parte III

Entrega era o que aquela pessoa queria e uma entrega como nunca vista é o que ela teria e com os olhos presos aos verdes que ardiam em paixão, girou um punhal e cravou ao próprio coração. As mãos, de quem o desafiara, estremeceram, e passos foram dados para trás em...
Harlequin – Parte II

Harlequin – Parte II

Vê à frente aqueles olhos capazes de retalharem sua liberdade e tão simples palavras foram ditas por aqueles lábios rosáceos, que sentira seu coração acelerar, partir e se rearranjar. Sentiu quando a mão escapou dentre as suas e pode observar quando aquela pessoa se...
Harlequin – Parte I

Harlequin – Parte I

Corre como o vento em seus passos dançantes Gira, brinca, dança sem parar Sorri e se apresenta de modo lisonjeiro e matreiro Avermelhando rostos ao sussurrar suas palavras Perguntavam-lhe por que tantas cores às vestes E cordialmente reverenciava seus próprios...
Quando se ama demais…

Quando se ama demais…

Sinto meu corpo ainda tremer ao relembrar dos passos pesados que se afastaram com aquela pequena criança de cabelos cacheados e dourados, mas não ouso findar minhas palavras que passeiam por entre as árvores sombrias. Há muito mais do que ousam pensar ou imaginar e...
Cachinhos Dourados – Capítulo XVII

Cachinhos Dourados – Capítulo XVII

Tudo era silêncio e o dia parecia esvair junto à vida retirada de seu corpo em lâmina tão fria e raivosa. Aquelas palavras ditas posteriormente, deixavam suas pupilas dilatarem e ao cair da noite a dor tornou-se insuportável à medida que a pele ia rasgando por não...